Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Editorial »

Brewing Love Project é projeto inédito no mercado cervejeiro com intuito de promover apoio à comunidade LGBTQIA+

16/06/2021

por: Bia Amorim
Brewing Love Project é projeto inédito no mercado cervejeiro com intuito de promover apoio à comunidade LGBTQIA+

O Brewing Love Project nasce da necessidade da promoção de debate sobre os desafios, injustiças e agressões sofridas pelas pessoas LGBTQIA+

O projeto Brewing Love está unindo diversas cervejarias do ecossistema em uma iniciativa inédita para a criação de receitas exclusivas, que contarão com o rótulo “Brewing Love” pela mesma causa. Lançada no início do mês, a iniciativa deseja promover maior conscientização no mercado cervejeiro e ajudar financeiramente instituições que apoiam a comunidade LGBTQIA+.

Durante este mês, marcado pela mobilização do movimento, e que termina em 28 de junho, Dia internacional do Orgulho LGBTQIA+, as cervejarias que já confirmaram participação no projeto começarão a desenvolver sua própria receita de estilos, famílias e ingredientes diferentes. É esperado que dezenas de receitas ganhem o rótulo especial do projeto e sejam vendidas em todo o Brasil. As cervejarias irão reverter parte do lucro obtido com a venda a instituições de acolhimento, proteção e inclusão da população LGBTQIA+, tirando apenas os custos operacionais.

Depoimentos das cervejarias

“Entendemos que o mais importante do projeto é abrir e garantir espaço para debater questões que atravessam a experiência de ser LGBTQIA+ no Brasil. Nosso objetivo é unir o maior número de cervejarias ao Brewing Love Project, criando um movimento colorido, plural e agregador, que reforça a diversidade e abraça a singularidade”, explica Walter Costa, designer do projeto visual da campanha e analista de marketing da Cervejaria Octopus, que deu início ao movimento.

“Para nós, a importância da representatividade no mundo cervejeiro com a comunidade LGBTQIA+ é que, neste mercado predominantemente heteronormativo, é preciso romper barreiras para que consigamos criar um ambiente e um futuro inclusivo, mostrar para todos a importância de enxergar consumidores e profissionais como semelhantes. Existe um valor significativo de se posicionar, cada vez mais.  Esperamos que cada pessoa que virá na sequência do que estamos fazendo aqui neste projeto sinta que estamos num ambiente muito mais diverso”, conta Marjorie Inoue, coordenadora de produção da Cervejaria Unicorn.

Para a Ambev, esse é um movimento essencial. “Essa iniciativa mostra que o mercado cervejeiro, embora tenha um longo caminho a percorrer, está aberto para todas as pessoas que desejam fazer parte dele. O respeito deve sempre prevalecer”, afirma Paula Guedes, Mestre-Cervejeira e Gerente de Consumer Science da Ambev, além de integrante do Lager, grupo de diversidade da companhia, que desde 2016 discute as melhores práticas em ações de inclusão no trabalho.

A expectativa é que até o final de junho as primeiras cervejas envasadas já sejam disponibilizadas aos consumidores por canais de venda online de cada cervejaria e pontos de venda espalhados pelo país. O projeto é atemporal e estará disponível para participação de toda comunidade cervejeira ao decorrer do ano, para que mais interessados possam ingressar nessa iniciativa. Espera-se, assim, que o número de participantes só cresça nos próximos meses. Detalhes sobre onde encontrá-las e ONGs ou movimentos que serão beneficiados podem ser encontrados pelo site da Cervejaria Octopus e redes sociais das marcas participantes.

O projeto Brewing Love é vivo e aberto, por isso, ainda há cervejarias se inscrevendo na iniciativa. Hoje, contamos com pelo menos 24 participantes, sendo elas: Octopus, que lidera o movimento, Unicorn, Bernargriê Brewing Co., CapaPreta Cervejaria, Captain Brew, Dádiva, Escafandrista, Everbrew, Japas Cervejaria, KSB, Libertária, Mesopotâmia, MinduBier, Prussia Beer, Salvador, Sigilo Total, Spartacus, Suméria, Suricato Ales, Tarin Cervejaria, Under Tap, Verace, Ambev e o Brewpub 09 Cervejas Artesanais.  

A expectativa é que até o final de junho as primeiras cervejas envasadas já sejam disponibilizadas aos consumidores por canais de venda online de cada cervejaria e pontos de venda espalhados pelo país. Os canais de venda serão divulgados no site do projeto.

SITE DO PROJETOhttp://www.cervejariaoctopus.com.br/brewingloveproject 

Outros links com informações e debates importantes para compreender melhor a comunidade

Quais são as bandeiras LGBTQIA+ e o que elas significam? 

Glossário LGBTQIA+: entenda cada letra da sigla e termos comuns  

Por que sua marca deveria saber o que a comunidade LGBTQIA+ espera dela 

O Orgulho LGBTQIA+ não é sobre amor, nem sobre consumo 

LGBTQIA+: no mês do orgulho (e o ano todo) apoie ONGs que fazem a diferença 

Sugestões da casa:

 

Editorial
Vinícola em Ituverava realiza festa da Vindima aberta ao público

Vinícola em Ituverava realiza festa da Vindima aberta ao público

Festa celebra a colheita da uva nos dias 19 e 26 de janeiro na Vinícola Marchese di Ivrea. Na ocasião, haverá visitas guiadas, degustações harmonizadas e almoço tradicional italiano.
14/01/2019
Editorial
O universo da Camellia Sinensis em expansão: “Quem bebe chá é mais feliz”

O universo da Camellia Sinensis em expansão: “Quem bebe chá é mais feliz”

Conheça a história das empreendedoras cariocas Carla Vicente e Carol Tavares, que saíram do ramo do petróleo para educar consumidores e incentivar novos negócios do chá.
09/05/2020
Editorial
Copo americano completa 72 anos como símbolo de brasilidade

Copo americano completa 72 anos como símbolo de brasilidade

Venda de fábrica relembra trajetória do copo mais democrático do país, que já foi até exposto em museu de arte moderna.
27/09/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #3

saiba antes, saiba mais: