Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Editorial »

Cervejarias brasileiras estão entre as mais premiadas da América Latina

27/09/2019

por: Redação Farofa Magazine
Cervejarias brasileiras estão entre as mais premiadas da América Latina
Foto: divulgação

Esta semana, a La Birra Magazine - publicação dedicada ao universo da cerveja artesanal na América Latina - divulgou um ranking com as cervejas mais premiadas no ano de 2018. A Cervejaria Pratinha, de Ribeirão Preto, ficou em segundo lugar com um total de 5 medalhas conquistadas com 4 rótulos diferentes, estando atrás apenas da trendy argentina Juguetes Perdidos. 

Entre as brasileiras mais bem colocadas, além da Pratinha em 2º lugar, a cervejaria Tupiniquim ficou em 7º, a Antuérpia em 8º, a Dama em 14º, Lohn em 16º, Bamberg em 17º, Unika em 18º e Kingbier em 22º. O critério para a lista é o peso e importância dos prêmios e medalhas conquistados no ano de 2018. 

Além disso, o ranking também divulgou as melhores cervejas em outras 10 categorias, incluindo o Hidromel mais premiado. 

Sugestões da casa:

 

Editorial
“Preconceito? Que nada, eu confio no meu taco”

“Preconceito? Que nada, eu confio no meu taco”

De um trailer no centro da cidade que vendia salgados a 50 centavos, Salete hoje conta com sete lojas, incluindo um drive thru. Conheça a história dessa empreendedora que espalha otimismo por onde passa.
13/11/2017
Editorial
Empreendedorismo feminino na periferia: conheça as meninas da Mafiosa Comida de Rua

Empreendedorismo feminino na periferia: conheça as meninas da Mafiosa Comida de Rua

Depois de vender milho em porta de faculdade, hoje o casal Índia e Brenda está à frente da hamburgueria que anda movimentando o Parque Ribeirão.
12/01/2019
Editorial
Premiação do concurso de melhor cerveja do Brasil acontece na terça-feira dia 12 de março em Blumenau - Farofa Magazine

Premiação do concurso de melhor cerveja do Brasil acontece na terça-feira dia 12 de março em Blumenau - Farofa Magazine

Este ano o evento teve 3.115 cervejas inscritas. Cresceu 9%. Mais que a economia. O mercado artesanal ainda tem fé. Olhamos também os números. Veja só.
10/03/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #3

saiba antes, saiba mais: