Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Editorial »

Comida de rua é o novo tema de série da Netflix sobre gastronomia

12/04/2019

por: Farofa Magazine
Comida de rua é o novo tema de série da Netflix sobre gastronomia
abertura do Street Food, seriado da Netflix. Trailer no Youtube.

Street Food será o nome da nova série da Netflix que aborda sobre gastronomia no mundo e é dos mesmos produtores do cultuado Chef's Table, que o streaming exibe. Durante os 9 episódios os espectadores serão levados às mais vibrantes e intensas cidades do mundo e irão explorar a rica cultura da comida de rua. A primeira temporada de Street Food explora nove países da Ásia, das barracas de vendedores ambulantes de Cingapura aos carrinhos de comida da Índia. Cada episódio destaca as narrativas das cultura que trazem vida à culinária de cada país.

Em uma cidade com 10 milhões de habitante, quase 1 milhão vende comida na rua

São renomados chefs, mas que cozinham alimentos baratos em modestos restaurantes, na sua maioria de gerência familiar e barracas de vendedores ambulantes em toda a Ásia. Cada episódio terá como foco um destino e três ou quatro destaques da comida de rua daquele local.

O primeiro episódio de Street Food vai estrear no Grand Lake Theatre, em Oakland, no dia 20 de abril, como parte do Festival Internacional de Cinema de San Francisco. No Brasil e no mundo, a estreia fica para dia 26 de abril.

Jay Fai, fomosa pela Tom Yum Soup

Um dos episódios conta a história da chinesa Jay Fai, uma simpática senhora que garante ser “velha, mas forte”, ela vem de uma família que vendia chicken noodles para sobreviver. É também o primeiro restaurante de rua de Bangkok a ganhar uma estrela Michelin. Ela já tinha participado de um programa chamado “Somebody Feed Phil”, também da Netflix.

Na Indonésia, visitaram Mbah Lindu, que tem 100 anos de idade e abriu o local em 1940. Ela serve frangos, ovos e comidas muito simples,em um mercado em Yogyakarta.  Dizem que nunca mudou a receita do prato principal, desde que começou.

Mbah Lindu, todo dia madruga para servir boa comida

O episódio de Cingapura vai iluminar a lenda do macarrão de 85 anos, Master Tang, que infelizmente faleceu em fevereiro, antes de ver seu episódio. Este deve ser um dia importante para a família, que estava feliz com a homenagem da série, ele será ainda mais uma lenda. (mais aqui)

O criador do Chef’s Table, David Gelb, é um produtor executivo desta nova série, juntamente com os seus frequentes colaboradores Brian McGinn, Andrew Fried e Dane Lillegard.

Os países visitados Tailândia, Índia, Taiwan, Japão, Coréia do Sul, Cingapura, Indonésia, Filipinas e Vietnã.

Aqui, a lista dos locais visitados e seus pratos principais. 

Bangkok, Tailândia

  • Jay Fai (crab omelet, tom yum soup, drunken noodles)
  • Khun Suthep (hand-pulled BBQ pork noodles)
  • Jek Pui (curries)

Osaka, Japão

  • Toyo (tuna cooked with a blowtorch)
  • Mr. Kita (takoyaki)
  • Goshi (okonomiyaki)

Delhi, India

  • Dalchand Kashyap (chaat)
  • Mohamed Rehan (nihari)
  • Karim’s (seekh kebabs)
  • Dharmender Makkan (chole bhature)

Yogyakarta, Indonesia

  • Mbah Satinem (jajan pasar)
  • Leonarda Tjahjono (jajan pasar)
  • Mbah Lindu (gudeg)
  • Yasir Ferry Ismatrada (mie lethek)

Chiayi, Taiwan

  • Grace Chia Hui Lin (fish head soup)
  • Uncle Goat (goat stew)
  • Li-Hua and Liu-Zhu (chicken rice)
  • Tsui-Eh (tofu pudding)

Seul, Coreia do Sul

  • Cho Yonsoon (knife-cut noodles)
  • Gunsook Jung (soy-marinated crab)
  • Gumsoon Park and Sangmi Chu (mung bean pancakes)
  • Jo Jungja (rice fried in a waffle maker)

Ho Chi Minh, Vietnã

  • Truoc (snails)
  • Anh Manh (pho)

Cingapura

  • Aisha Hashim (putu piring)
  • Master Tang (wanton noodles)
  • KEK Seafood (chili crab)
  • Niven Long (chicken rice)

Cebu City, Filipinas

  • Florencio “Entoy” Escabas (reef eel stew)
  • Leslie Enjambre (lechon cebu)
  • Ian Secong (tuslob-buwa)
  • Rubilyn Diko Manayon (lumpia)

Pipoca é comida de rua por aqui né? Preparados?

Sugestões da casa:

 

Editorial
Farofa explica: por que a carne está nas alturas?

Farofa explica: por que a carne está nas alturas?

Carnes mais caras, consciência coletiva vegana, cortes mais saborosos. Uma mistura de acontecimentos está mudando a forma de consumo da proteína animal.
02/12/2019
Editorial
Melhores comidas para os dias mais frios

Melhores comidas para os dias mais frios

Quais são os pratos que fazem sua barriga roncar neste inverno?
05/07/2019
Editorial
Conheça as kombuchas vencedoras do primeiro concurso sensorial da bebida

Conheça as kombuchas vencedoras do primeiro concurso sensorial da bebida

1º Concurso Brasileiro de Kombucha aconteceu em novembro em Porto Alegre e julgou mais de 70 amostras nacionais e do Uruguai.
07/11/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #3

saiba antes, saiba mais:

artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

O Bar virtual em tempos de corona

Carlos Braghin

Carlos Braghin

CARTA DE UM QUÍMICO APAIXONADO

Bia Amorim

Bia Amorim

Tomando cerveja sozinha né minha filha?

Camilla Cristini

Camilla Cristini

A comida além da mercadoria: um ode à natureza e à consciência

Marcelo Whately

Marcelo Whately

O que será do mercado da carne?

Marcia Daskal

Marcia Daskal

Dicas para comer melhor em tempos de quarentena