Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Entrevistas »

Gin: por que ele é o queridinho do momento?

23/07/2019

por: Fran Micheli
Gin: por que ele é o queridinho do momento?
Hans Scheller serve Gin Tônica com pitaia no Festival Gastronômico do Shopping Iguatemi, em Ribeirão Preto | Foto: Fran Micheli

As baladas já foram dominadas. Os bares charmosinhos das capitais também. E se o seu coração ainda não foi conquistado, prepare-se. Uma hora dessas o Gin vai dominar a sua preferência.

Depois de décadas esquecido pelos cardápios contemporâneos dos restaurantes e bares, a bebida ressurgiu alguns anos atrás como grande tendência da mixologia e do consumo. E não é para menos: o Gin tem muita história pra contar, já que é uma das bebidas destiladas mais antigas do mundo produzidas pelo homem!

Remédio de Gin?

Sim! Nas reminiscências do século XVII na Europa, a bebida surgiu como remédio para tratar problemas renais, sendo muito diurética e revitalizadora para os rins. Tudo isso graças ao seu principal ingrediente, o Zimbro, fruta com eficácia diurética já bem reconhecida.  

Mas foi durante as guerras europeias que o Gin se tornou parceiro dos soldados nos dias de frio. Por ser suave e saborosa, a bebida passou a ser consumida não por orientação médica, mas por puro prazer.

E foi somente em 2007 que alguns chefs europeus decidiram incorporar a bebida nos cardápios dos restaurantes depois de o experimentarem como refresco após um dia quente de trabalho. E pronto. Daí até então, o Gin vem se popularizando e ganhando um espaço bastante democrático.

Aqui no Brasil, os coquetéis têm sido aprimorados e mixologistas vêm criando receitas novas e inusitadas, puxando também o empreendedorismo envolvendo o universo da bebida.

E para entender melhor este movimento, fizemos 5 perguntas para o empresário Hans Scheller, 30, sócio proprietário do G&T, primeiro gin bar do Brasil.

Por que abrir um bar exclusivamente dedicado ao Gin?

Sentimos uma carência muito forte no mercado de gin no ano em que o G&T foi aberto. Abrimos como uma pop up de 90 dias e devido ao grande sucesso decidimos ficar permanentes. Somos pioneiros no mercado de Gin no brasil, ditamos a tendência do gin hoje. Temos o maior cardápio de gin da américa latina, contando com mais de 200 marcas entre nacionais e importadas.

O Gin ainda é considerado uma bebida sofisticada? Há interesse em manter esse rótulo ou há a intenção de popularizar a bebida cada vez mais?

Hoje em dia tem marcas para todos os bolsos e tipos de clientes, até mesmo no bar o nosso drink de entrada começa em R$30 e vai até R$345 a dose. Então, todos os públicos podem tomar o gin, cada vez mais sendo conhecido e apreciado.

Sobre produção nacional de Gin: como anda a aceitação desse produto feito aqui no Brasil?

Hoje temos mais de 40 marcas de gin nacional em nosso cardápio.

Quais são as marcas mais predominantes no mercado de Gin e por que?

As marcas são:

NACIONAIS - Silver Seagers da stock indústria de bebidas mais antiga do brasil com mais de 100 anos.

IMPORTADOS - temos mais de 150 marcas já no brasil. As mais conhecidas e vendidas são estas:  

- Nordes (gin espanhol da galícia com álcool de uva)

- Tanqueray ( com 3 versões diferentes: london dry, ten e sevilla, da conhecida Diageo)

- Bombay (importado pela Bacardi)

Qual sua dica para quem está entrando no mundo do Gin agora?

Começar sempre por um gin tônica clássico com limão siciliano e zimbro. Não tem erro.

RECEITA DO GIN TÔNICA PERFEITO

Ingredientes:

50 ml de Gin Silver Seagers

150 ml de tônica Schweppes

3 bagas de zimbro

1 twist de limão siciliano

Passo a passo

Primeiro, gelar a taça de gin tônica, acrescentar o gin, o zimbro, completar com gelo, acrescentar a tônica Schweppes, aromatizar a taça com o twist de limão siciliano, dar uma leve misturada no drink. E pronto.

Sugestões da casa:

 

Entrevistas
Vila Tibério, o bairro tradiça de Ribeirão Preto que abriga uma fábrica e respira cultura cervejeira

Vila Tibério, o bairro tradiça de Ribeirão Preto que abriga uma fábrica e respira cultura cervejeira

Em nossa série de entrevistas para profissionais do mercado cervejeiro de Ribeirão Preto, conversamos com Alessandro Augusto, gerente de marketing da Cervejaria Invicta, que fica em um bairro bucólico da cidade.
26/05/2018
Entrevistas
O padeiro jornalista e muitas receitas do pão

O padeiro jornalista e muitas receitas do pão

As receitas do novo livro de Luiz Américo Camargo, com produção de Rita Lobo e sua equipe. Clássicos como broa portuguesa, pão sírio, pão de hambúrguer e de cachorro-quente, focaccia, ciabatta, chocotone e mais.
07/06/2019
Entrevistas
Dá pra emagrecer quando seu trabalho é comer e beber?

Dá pra emagrecer quando seu trabalho é comer e beber?

Conversamos com o chef e sommelier Ronaldo Rossi que, depois de uma insuficiência respiratória, decidiu cuidar da saúde e ganhou uma nova chance de continuar vivo sem deixar de trabalhar com o que ama. Até agora foram 67 quilos a menos.
21/04/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #02

saiba antes, saiba mais:

artigos

Carlos Alberto Dória

Carlos Alberto Dória

Caipira enjoado

Fran Micheli

Fran Micheli

Visita de self-service

Gabriel Castaldini

Gabriel Castaldini

Grumixama, Gravatá, Curriola ou salada mista?

Fran Micheli

Fran Micheli

Filosofia de rodízio

Marcia Daskal

Marcia Daskal

A louça certa pode fazer você comer menos

Taís Suhre

Taís Suhre

Fermentar é um ato político