Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Quentinhas »

Bar do Cofre SubAstor tem rótulos de cervejas exclusivos desenhados para a casa

10/02/2020

por: Bia Amorim
Bar do Cofre SubAstor tem rótulos de cervejas exclusivos desenhados para a casa
Cerveja e coquetel, juntos. Imagem: Divulgação

O Bar do Cofre SubAstor faz sucesso desde o dia que abriu suas portas no subsolo do Farol Santander. Drinques executados com maestria, preparados com whisky, gin, vodca e outros destilados chamam a atenção no balcão. Neste fevereiro, quando completa o primeiro ano na ativa, o bar inova em sua carta e lança três coquetéis elaborados com cervejas, seguindo uma tendência mundial. Os rótulos foram desenvolvidos pela Blondine, cervejaria que fica próxima à capital paulista, com exclusividade para o Bar do Cofre SubAstor. Para os que preferem provar só a cerveja, as garrafas também estarão disponíveis. 

Todas as novidades ganham nomes de outros bares instalados em cofres ao redor do mundo. O Trinity, uma homenagem ao Trinity Place, em Nova York, é feito com Cofre Session IPA (R$ 29, garrafa de 473ml), aromática, com notas cítricas e sutil amargor, combinada com gin Tanqueray, fernet, cynar e água tônica. Em referência ao Vault Bar, no cofre original do banco MeesPierson, em Amsterdã, o Vault leva a cerveja Cofre Witbier (R$ 30, garrafa com 473ml), bourbon Bulleit, Aperol, amaro, limão siciliano e solução salina. Já o Brokerconsagra o The Broker Restaurant, do estado de Colorado, e fechado oficialmente em 2018. O drinque tem como base a Cofre Lager (R$ 27, garrafa de 473ml), com corpo leve, espuma cremosa e amargor equilibrado, gin Tanqueray, amora, xarope de mel, limão siciliano e salmoura de azeitona. Cada coquetel sai por R$ 37.

Garrafas em alumínio

As garrafas da Blondine que chegam ao Bar do Cofre SubAstor são de alumínio 100% reciclável, um modelo oferecido somente pela cervejaria ao mercado. Além de inovar, pensando em um design diferente que agrega em quesitos sensoriais, a marca optou por essa embalagem por ser um produto mais sustentável, porque emite menos CO² por litro envasado e tem um índice superior de reciclagem quando comparado ao vidro.  O alumínio também protege o sabor, por meio da vedação da cerveja contra a luz e oxidação, são inquebráveis e ótimas para quem gosta de colecionar.

Serviço Bar do Cofre SubAstor
Endereço: Subsolo do Farol Santander
Rua: João Brícola, 24, Centro – (11) 3101-1217
Horário de funcionamento: quarta, das 17h à 1h, a confirmar nas redes sociais. Quinta a sexta-feira, das 17h às 1h. Sábado, das 14h às 1h. Domingo, das 14h às 20h.
Reserva: site ou app Get In, sempre 14 dias antes da data
Lotação: 90 lugares 
www.subastor.com.br
Tem ar condicionado
Débito: Mastercard /Redeshop / Visa Electron 
C.c.: Diners / Mastercard / Visa / American Express (todos)

Sugestões da casa:

 

Quentinhas
Cerveja com castanha de Baru é a nova aposta da Colorado

Cerveja com castanha de Baru é a nova aposta da Colorado

A linha “Brasil com S” quer valorizar ingredientes típicos do Brasil e lança agora mais um produto com um ingrediente pouco conhecido
04/11/2019
Quentinhas
Geraldo, da sorveteria, morre aos 79 anos

Geraldo, da sorveteria, morre aos 79 anos

Empresário não resistiu a um infarto na madrugada desta quarta-feira. Corpo será velado no Parque dos Girassois.
02/08/2017
Quentinhas
Cerveja caseira e rotulada

Cerveja caseira e rotulada

a Agência Alvo especializada em criação de rótulo de cerveja no Brasil desde 2009, criou um rótulo gratuito para o cervejeiro caseiro “rotular” suas cervejas e ter um pequeno controle na sua produção.
28/06/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #3

saiba antes, saiba mais:

artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

O Bar virtual em tempos de corona

Carlos Braghin

Carlos Braghin

CARTA DE UM QUÍMICO APAIXONADO

Bia Amorim

Bia Amorim

Tomando cerveja sozinha né minha filha?

Camilla Cristini

Camilla Cristini

A comida além da mercadoria: um ode à natureza e à consciência

Marcelo Whately

Marcelo Whately

O que será do mercado da carne?

Marcia Daskal

Marcia Daskal

Dicas para comer melhor em tempos de quarentena