Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Quentinhas »

Conheça os 3 finalistas brasileiros do Bacardí Legacy

28/10/2019

por: Redação Farofa
Conheça os 3 finalistas brasileiros do Bacardí Legacy
Os três finalistas brasileiros | Foto: divulgação

O BACARDÍ Legacy, maior campeonato de coquetelaria do mundo anunciou na última terça-feira (21) os três finalistas nacionais desta edição. Mario Oliveira (Nakka Jardins), Matheus Cunha (Tetto Rooftop Lounge) e Roddy Oliveira (Feirinha Bar), passaram pelas etapas de inscrição, envio de receita e semifinal presencial com apresentação de seus coquetéis em evento que aconteceu em São Paulo.

A seleção dos três nomes levou em consideração critérios como inspiração, originalidade, replicabilidade, apelo visual, aroma, sabor e textura, performance e técnica. A escolha dos semifinalistas foi feita por um corpo de jurados composto por Ernesto Lara (Nica), campeão nacional da edição 2017-18 do BACARDÍ Legacy; Jean Ponce, Felipe Rara e Adriana Pino, três grandes referências da coquetelaria nacional.

Até a final nacional em fevereiro, cada finalista terá que realizar a “Campanha do Coquetel” que envolve o cumprimento de sete desafios pessoais -- refinamento do coquetel, criação de uma identidade, amplificação de seu coquetel para o mundo, conexão com uma causa, engajamento da comunidade, aplicação de mentorias e apresentação os resultados numéricos do seu drink.

“Esse foi uma das etapas de campeonatos mais disputadas que já tivemos aqui no Brasil. Tivemos competidores com estilos diversos, coquetéis com propostas bem únicas, muita personalidade e profissionalismo. Certamente um destes três finalistas irá representar muito bem a coquetelaria Brasileira na final global em Miami”, explica Tony Harion, embaixador de marcas para Bacardi.

O grande ápice do BACARDÍ Legacy acontece na final global em que cada vencedor nacional disputa o título de Vencedor Global BACARDÍ Legacy. A etapa final acontecerá em Miami, nos Estados Unidos, em maio de 2020. O vencedor brasileiro estará entre os 40 finalistas globais em busca de um lugar na história da coquetelaria mundial.

Conheça um pouco mais sobre os três finalistas:

Mario Oliveira, 24 anos -- Nakka Jardins, São Paulo
Desde criança Mario Oliveira lia os livros sobre bebidas e drinks de seu pai e seu caminho na coquetelaria começou a ser trilhado em 2013 com tutoria de Derivan Ferreira de Souza, um dos bartenders mais renomados do País. Depois de passagens pelo Bar Número e G&T, Mario assumiu a carta de drinks do Nakka Jardins, em São Paulo. Para o BACARDÍ Legacy, Mario desenvolveu o Brado, coquetel que traz a conexão entre os diferentes, a possibilidade de criar elos, mostrar sua voz e deixar a sua marca. “O Brado é um coquetel que fala sobre o poder da voz. Não sobre a voz em si, mas sim sobre a importância e o peso que a união tem. A história da BACARDÍ, assim como a da maioria das conquistas e feitos histórico-culturais se deram através de movimentações e de atitudes que foram além do esperado, onde cada componente do coquetel traz essa referência”.

Matheus Cunha, 36 anos -- Tetto Rooftop Lounge, São Paulo
Atualmente à frente do Tetto Rooftop Lounge, em São Paulo, Matheus Cunha trabalha como bartender há 18 anos. Sua história atrás do balcão começou por acaso, mas logo ele se apaixonou pela profissão e hoje carrega 14 títulos nacionais, 1 título latino-americano e em 2016 foi eleito um dos 10 melhores bartenders do mundo, em Londres. O profissional considera o BACARDÍ Legacy uma verdadeira vitrine para o mundo e, também, uma grande troca de experiências. Seu coquetel, chamado de Testamento, é sua maneira de deixar um testamento em vida homenageando pessoas que se foram e deixaram grandes aprendizados. “O campeonato me ajudará a testar o quanto estou preparado para desafios. A inspiração para o Testamento veio do fato de todos deixarem testamento antes de sua morte, mas eu quero deixar o meu em vida, sem pensar nisso, por meio do BACARDÍ Legacy. Assim começa o meu legado”, comenta.

Roddy Oliveira, 32 anos -- Feirinha Bar, São Paulo
Com 12 anos de experiência em bares e restaurantes, Roddy Oliveira é carioca, já passou por lugares como Balaio IMS, MoMA Osteria e Tessen e atualmente é responsável pela carta de drinks do Feirinha Bar, em São Paulo. Semifinalista do BACARDÍ Legacy pelo segundo ano consecutivo, Roddy já esteve à frente de todas as funções dentro de um bar, desde a cozinha até o salão. Chamado de Carpediem, seu coquetel para o Legacy é inspirado na ideia de que se deve viver a vida com mais intensidade e amor. “Participar do campeonato representa uma forma de me expressar para o mercado indo muito além do profissional, mas como pessoa, também”, explica.

Sugestões da casa:

 

Quentinhas
The Black Bulldog oferece curso rápido de panificação artesanal

The Black Bulldog oferece curso rápido de panificação artesanal

Quer aprender a fazer pães deliciosos? Dia 21 tem curso com Vinícius Figueiredo, chefe de panificação da hamburgueria.
13/07/2018
Quentinhas
Em São Paulo, evento cervejeiro Mondial de la Biere tem segunda edição no final de maio

Em São Paulo, evento cervejeiro Mondial de la Biere tem segunda edição no final de maio

Evento que acontece em várias cidades do mundo tem shows, cervejas, comidas e entretenimento na cidade de São Paulo. Este ano acontece no ARCA, espaço que já tomou conta das agendas paulistas.
15/05/2019
Quentinhas
Festival gastronômico FEITO EM SP tem inscrições abertas

Festival gastronômico FEITO EM SP tem inscrições abertas

A Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto e a Secretaria da Cultura convidam você para participar no FESTIVAL FEITO EM SP – Etapa regional de Ribeirão Preto. O Governo do Estado anunciou o maior programa gastronômico do Brasil.
20/09/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #02

saiba antes, saiba mais:

artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

Toma a cerveja mais fresca

Bia Amorim

Bia Amorim

Tomando partido na cerveja

Bia Amorim

Bia Amorim

A cerveja que tinha

Luiz Horta

Luiz Horta

O testamento de um enochato