Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Quentinhas »

Empresa brasileira lança o chocolate lilás, com farinha de uva

11/06/2019

por: Farofa Magazine
Empresa brasileira lança o chocolate lilás, com farinha de uva
Barra Lilás. Cuore di Cacao. Foto: Divulgação

A chocolateria curitibana Cuore di Cacao, referência no mercado nacional de chocolates artesanais, comandada pelas irmãs Bibiana e Carolina Schneider, apresenta ao público uma novidade que se destaca tanto pela beleza, quanto pelo sabor: o chocolate naturalmente lilás. O produto vem com o slogan de ser "100% artesanal, saudável e sustentável", tem em sua composição chocolate branco e farinha de uva fermentada, dando ao doce um sabor delicado e exclusivo no segmento.

“Barrinhas contendo matchá e erva mate já fizeram parte dos lançamentos do nosso clube, mas pela primeira vez a aposta foi na utilização de farinha à base de fruta, que resultou no chocolate lilás”, conta Bibiana Schneider, sócio proprietária da Cuore di Cacao. Criada inicialmente para o Clube do Chocolate da Cuore di Cacao, os assinantes de todo o país recebem mensalmente produtos que são exclusivos.

QUAL O DIFERENCIAL?

O chocolate lilás da marca curitibana é produzido com a farinha U-Vita, criada por uma parceria entre pesquisadores da Universidade Positivo e a Vinícola Franco Italiano, da cidade de Colombo (PR). O produto é proveniente do bagaço de uvas fermentadas utilizadas na produção de vinho. “Além de saudável, rica em nutrientes e fibras solúveis e insolúveis, a U-Vita é um produto que contribui para a sustentabilidade, uma vez que é resultante do reaproveitamento total do alimento. Na Cuore, buscamos sempre aliar qualidade e consciência ecológica, apresentando soluções que tragam sabor e respeito ao meio ambiente”, explica Bibiana.

De acordo com Marcelo Apene, um dos profissionais envolvidos na produção da farinha de uva, além de saborosa, tendo várias aplicações na cozinha, ela traz vários benefícios. “Conseguimos manter de 75% a 80% de resveratrol na U-Vita, resultando em uma grande concentração de antioxidantes e fibras. E é lógico que esses benefícios são encontrados no chocolate, que ganha muito mais do que um gostinho especial”, destaca.

Com o grande sucesso do lançamento, a Cuore di Cacao já está preparando novos microlotes do chocolate lilás.

Barra Lilás na embalagem. Destaque para o "bean to bar", filosofia da nova onda do cacau no mundo. Imagem: Divulgação.

QUANTO CUSTA?

Cada barrinha (50 g) custa R$ 14 e, além da farinha de uva, leva em sua composição nibs de cacau, responsável pela crocância e suavidade no sabor do preparo.

ONDE COMPRAR?

A Cuore di Cacao conta com uma unidade própria em Curitiba, no bairro Batel (Rua Fernando Simas, 347), e tem seus produtos espalhados por diversos pontos de venda no país. Além disso, pessoas de outras partes do Brasil podem fazer encomendas por meio do site da chocolateria: www.cuoredicacao.com.br ou pelo WhatsApp (41) 98788-1633. Mais informações pelo telefone (41) 3014-4010. 

Sugestões da casa:

 

Quentinhas
Comida di Buteco confirma data em Ribeirão Preto

Comida di Buteco confirma data em Ribeirão Preto

Chegando aos 21 anos de existência, o tradicional concurso que elege os melhores botecos do Brasil começa dia 10 de abril e segue até 3 de maio.
19/02/2020
Quentinhas
O Pastifício que virou restaurante

O Pastifício que virou restaurante

Fundada em 2014 por um ex-publicitário, a tímida casa de massas nada contra a corrente com crescimento de mais de 100% ao ano em vendas e inaugura nova fase. Novo restaurante e empório é inaugurado neste final de semana.
21/06/2019
Quentinhas
Bacardí Legacy chega à reta final com 10 seminalistas brasileiros

Bacardí Legacy chega à reta final com 10 seminalistas brasileiros

Um dos maiores campeonatos de coquetelaria do mundo, o Bacardí Legacy, anunciou os 10 semifinalistas da fase nacional. Competição desafia bartenders de todo o mundo a criar um coquetel com rum da marca.
09/10/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #3

saiba antes, saiba mais:

artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

Não adianta chorar o deleite derramado

Bia Amorim

Bia Amorim

Pequenas azedices

Bia Amorim

Bia Amorim

O gabinete do ódio cervejeiro

Marcio Beck

Marcio Beck

A cerveja pertence a todos

Bia Amorim

Bia Amorim

A sommelière que habita em mim

Bia Amorim

Bia Amorim

O Bar virtual em tempos de corona