Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Tira- gosto »

O que está acontecendo com o Mc Donald’s?

21/10/2019

por: Fran Micheli
O que está acontecendo com o Mc Donald’s?
Foto: divulgação

Se você é cliente assíduo ou, no mínimo, passa no drive thru só nos dias de TPM, ou ainda, é da comunicação e gosta de estar por dentro do mercado, já deve ter se feito essa pergunta. Que diabos está acontecendo com o Mc Donald’s?

Nos últimos anos, muitas transformações drásticas em cardápio, posicionamento e marketing têm sido notadas. Até aí tudo bem, negócio que é negócio tem que se reinventar pra ficar em pé (e há quanto tempo o império do palhaço não está, não é mesmo?) Porém, algumas dão um nó na cabeça de quem acompanha a marca de alguma forma.

Nos últimos cinco anos, o McDonald’s chegou a perder 500 milhões de pedidos para concorrentes de fast food nos Estados Unidos. Um estudo feito internamente mostrou que isso tinha relação com as tentativas de reformulação anteriores, implantadas até então sem sucesso. A rede vinha buscando, há alguns anos, dar um ar mais saudável a seus produtos.

Vamos ver abaixo as mais recentes inovações que a gigante do fast food têm aplicado:

1. Lanchonete, não. Restaurante.

Há alguns anos, a rede se autoproclamou restaurante, rechaçando o título de mera lanchonete. Isso fez parte, talvez, do que significou uma guinada em termos de posicionamento de marca. Além de uma nova denominação, o cliente foi atingido pelos poderes da neurolinguística e passou a se sentir mais "tranquilo" ao consumir o produto. Afinal de contas, ele passou a frequentar um RESTAURANTE (em capslock), não um lugar que vende comida rápida que engorda.

Em 2017, o Mc Donald’s rompeu o contrato de patrocínio com as Olimpíadas após 41 anos de parceria.

Reposicionamento levou rede a lucros inéditos no Brasil | Foto: divulgação


2. Quem come salada no Mc Donald’s?

As saladas foram parte de uma grande estratégia global de mudança de posicionamento, tendo em vista a enorme discussão em cima das questões de saúde e obesidade. No entanto, as verdinhas não foram responsáveis por grandes mudanças no faturamento.

As saladas são customizáveis com as proteína de preferência do cliente. Porém, algo curioso é que uma das opções, folhas verdes com frango frito, molho, parmesão e bacon contém 200 calorias a mais que um Big Mac.

Saladas podem ser mais calóricas que um Big Mac | Foto: site Mc Donald's


3. Treinamento digital

Em 2016, o Mc Donalds passou a utilizar tablets no treinamento do seu pessoal, o que cortou o tempo do mesmo pela metade. A montagem dos hambúrgueres passou a ser ensinada em forma de jogo virtual e, somente após as tarefas cumpridas o novo funcionário parte para o trabalho na chapa.

Além disso, já é sabido que todos os colaboradores, ao entrarem na empresa, passam obrigatoriamente por todos os postos de trabalho.


4. Alimentação dos funcionários

Até pouco mais de cinco atrás, quem trabalhasse no Mc Donald’s tinha como opção de almoço ou jantar apenas os produtos da loja. A rede reconheceu que esse tipo de alimentação não era a melhor coisa a se ingerir diariamente. Então, desde 2014, todas as lojas passaram a oferecer almoço para os colaboradores com arroz, feijão, salada e uma proteína. Pouca gente sabe, mas os clientes que quiserem também podem pedir no caixa a mesma alimentação dos funcionários.


Infográfico: Farofa Magazine


5. Sanduíches gourmet

Apesar de não familiar a muitos clientes por custarem muito mais que as tradicionais promoções, os sanduíches premium vieram casados com a proposta de transformar o conceito das lojas. A oferta mira no público mais exigente e disposto a pagar um pouco mais por mais qualidade.

Segundo Paulo Camargo, o presidente da Arcos Dourados, que opera as unidades do Mc Donalds na América Latina, a linha Signature foi um dos principais motores para o crescimento da empresa nos últimos anos.


6. Pagamento digital

Em 2017, começaram a ser implantados no Brasil os totens de autoatendimento. O caixa tradicional foi reduzido para estimular o cliente a realizar seus pedidos de forma digital e assim otimizar o tempo de espera.

De acordo com uma pesquisa da Market Force Information, de 2018, os usuários de internet dos EUA têm aumentado sua demanda pelo uso de tecnologia para otimizar pedidos em restaurantes. Em 2015, por exemplo, a pesquisa apontou que 30% dos entrevistados disseram ter usado pedidos habilitados por alguma tecnologia nos últimos 90 dias. Hoje, esse número está em 62%.

Centrais de atendimento | Foto: divulgação


7. Mc Lanche Feliz mais saudável

Desde agosto de 2019, as refeições infantis ganharam uma nova proposta. O Mc Lanche Feliz passou a ser servido com novas opções: mais frutas e vegetais e ingredientes com menos gordura, sódio e açúcares.

Menos gordura e menos sódio | Foto: divulgação


8. Fome de Méqui

Em agosto de 2019, algumas lojas tiveram suas fachadas trocadas pela palavra Méqui. A ação de marketing foi criada pela agência DPZ&T para homenagear a pronúncia típica brasileira da marca. Como desdobramento, a marca buscou interação em redes sociais e estimulou os clientes a comentarem outras pronúncias. Mequizeira, Mequizinho, Mequidoninho são algumas das apostas que deverão estampar outras lojas brasileiras até o final do ano.

Fachadas e redes sociais homenagearam a pronúncia brasileira | Foto: redes sociais


9. Templo do fast food

E por último, mas não menos importante, o Mc Donalds inaugurou na última sexta-feira, 18, uma nova unidade faraônica na Avenida Paulista, ocupando um emblemático casarão da década de 1940. Chamada de Méqui 1000 - seguindo a linha citada anteriormente - a nova loja chega para celebrar os 40 anos da marca no país como milésima unidade, em um momento de forte investimento. Além da expansão, a empresa está modernizando os restaurantes da rede, resultado de investimentos de R$ 1,25 bilhão anunciados pela Arcos Dorados para o triênio 2017-2019.

Nessa nova unidade são oferecidos 15 produtos exclusivos, área verde, espaço para shows, cenários instagramáveis e serviço de mesa. Um dos grandes lançamentos é o pão de queijo burguer, sanduíche com nome autoexplicativo.

Loja número 1000 foi inaugurada na Av. Paulista | Foto: divulgação

PARA ENTENDER O MC DONALDS

The Founder (Fome de Poder)

Supersize me

Mc Play (game)

Canal oficial no YouTube

Sugestões da casa:

 

Tira- gosto
19 lugares onde beber boa cerveja em Ribeirão Preto

19 lugares onde beber boa cerveja em Ribeirão Preto

O Pinguim fez uma história em Ribeirão Preto. Dali nasceram todos os mitos, mas todas as verdades sobre a cidade do chope. Em tempos atuais, a cidade ganhou novos lugares para conhecer e beber cerveja fresca, brasileira, local.
14/01/2020
Tira- gosto
8 promoções de Black Friday que valem a pena em Ribeirão

8 promoções de Black Friday que valem a pena em Ribeirão

Selecionamos algumas promoções bem bacanas e sem enganação pra você aproveitar a Black Friday, que acontece nesta sexta-feira, dia 23 de novembro.
22/11/2018
Tira- gosto
Não dê mignon ao seu filho: 7 cortes saborosos de carne

Não dê mignon ao seu filho: 7 cortes saborosos de carne

Tá cortando custos e privilégios dos pequenos para educar melhor? Conheça 7 tipos de corte de carne que são mais saborosos do que o filé presidencial.
23/07/2019
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #3

saiba antes, saiba mais:

artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

O prêmio de pior cerveja

Marcia Daskal

Marcia Daskal

A dieta do bom humor

Igor Maurício Barreto

Igor Maurício Barreto

Será a iminência da era do Temakiojo?

Guto Procópio

Guto Procópio

#1 - A nova cerveja Padrão

Marcelo Whately

Marcelo Whately

Você sabia que a Volkswagen produziu mais salsichas do que carros em 2019?

Thalita Cacho

Thalita Cacho

Uma Mistura Arretada em Evolução