Saiba onde beber cervejas artesanais em Ribeirão Preto

Saiba onde beber cervejas artesanais em Ribeirão Preto

- em Beber, Matérias, Reviews
330
copo caramuru cerveja pratinha farofa magazine foto rafael almeidaTaças da cerveja Caramuru. Cervejaria Pratinha. Foto: Rafael Almeida
Onde beber uma boa cerveja em Ribeirão Preto? Muitos lugares! Mas onde beber uma cerveja artesanal, local, fresca e com diversos sabores? A lista atualmente está grande e tem muitas opções.

Que a cidade já é famosa pela história da cerveja, a gente sabe. A choperia Pinguim fez muito sucesso durante décadas com seu chope fresco, bem tirado e naquela tacinha frágil que chamamos de “tulipa casca de ovo” e até hoje é point turístico no Quarteirão Paulista. Inclusive, as histórias cervejeiras da cidade são tão importantes que deve ganhar um Museu da Cerveja, oremos.

Depois, em 1996 a cervejaria Colorado inaugura e a história então tem uma nova onda e evolução com relação as cervejas, os sabores e toda a cultura que carregam as Escolas Cervejeiras, os estilos e ingredientes de todos os tipos.

Atualmente, em uma conta rápida, listei cerca de 130 diferentes rótulos de cervejas na cidade. Ou seja, a cada cerca de 3 dias você pode beber uma cerveja diferente e passar um ano sem repetir.

As cervejarias do Polo Cervejeiro de Ribeirão Preto (e região) são:

Alquimia (Sertãozinho) Tem uma carta de petiscos defumados e tem música ao vivo, a fábrica é recente.

Br Brew (Sertãozinho) A cervejaria tem uma lista de medalhas e conquistou toda a região com suas cervejas, além de um espaço/bar bem bacana e eventos temáticos. Em 20022 tá lançando o projeto Beer2Space, que será uma linha com seis cervejas inéditas e exclusivas usando leveduras que serão enviadas para o espaço!

Invicta – a conhecida fábrica é vista das janelas do bar que tem uma sequência de torneiras de chope, ótimo cardápio de petiscos, uma lojinha de marca própria, além de fazer ótimos eventos, ter promoções imbatíveis e fazer cervejas colaborativas com as melhores marcas nacionais do seu projeto Finito. Na Invicta, marcas ciganas também são produzidas.

Opções de Chope na Invicta e suas torneiras estilizadas.
Opções de Chope na Invicta e suas torneiras estilizadas. Foto (2019) Bia Amorim

Lund – a segunda cervejaria artesanal mais antiga da cidade tem 2 bares para beber as cervejas da casa, que tem estilos clássicos, o  @barlundrp e também o recente @matadoleao.

Maltesa – A cervejaria aceita pedidos via Ifood e tem uma gama de estilos que podem ser envasados na hora, o Crowler lata.

Martinica – Uma das marcas mais recentes (2020) tem a loja com entrega em Ribeirão Preto e também em São Paulo.

Sp 330 – a fábrica que fica na Rodovia Anhanguera (SP 330) tem talvez a melhor IPA da cidade, e faz muitas variações do estilo. Atualmente no cardápio são 8 diferentes IPAS. O Point SP 330 é o bar que fica bem localizado no Jrd Botânico e conta com música ao vivo e cardápio de comidas, além de outras cervejas da marca.

Walfänger – Com cervejas de estilo alemão, a fábrica ainda conta com um restaurante, lojinha da marca e mais de 25 medalhas em concursos nacionais e internacionais.

Caneca de chope Cervejaria Walfänger. Foto Divulgação
Caneca de chope Cervejaria Walfänger. Foto Divulgação

Weird Barrel O bar pirata, carinhosamente chamado de espelunca pelos frequentadores (não é uma espelunca, mas o apelido pegou), tem uma nano cervejaria que pode ser vista de uma janela na parede do bar. Tem um cardápio enxuto, mas gostoso, de comidas e outras bebidas. Confira a programação que conta com pequenos eventos e música ao vivo.

Wolfes (Sertãozinho) – Também recente no mercado cervejeiro, inaugurou a pouco tempo e conta com 4 rótulos clássicos, um balcão para consumo, cardápio enxuto e música ao vivo.

Opções de chope nas torneiras da Weird Barrel. Foto: Divulgação
Opções de chope nas torneiras da Weird Barrel. Foto: Divulgação

Mais Cervejarias:

Nem todas as cervejarias estão associadas ao Polo Cervejeiro (e isso não é algo ruim!). Aqui listamos outras fábricas e também as marcas que são ciganas (não tem fábrica e produzem artesanalmente, onde quiserem) e vendem suas cervejas em diferentes pontos.

Dogfight (Cigana) – Tem cervejas mais “extremas” e IPA´s marcantes.

Experiência Cervejas defumadas, alcoólicas, ácidas e com ingredientes inusitados. Parece que é fácil encontrar experiências diferentes nesta pequena fábrica com ótimo balcão, calendário de feirinhas, eventos e food trucks convidados.

Its Hop uma novata na cidade, a pequena cervejaria também tem bar e serve os estilos da casa.

Jops Depois de um tempo dividindo espaço com o restaurante do grupo e brassando dentro de um container, o Grupo Jops está finalizando a construção de sua fábrica própria e logo mais vai abrir ao público.

Macumba (Cigana) o slogan é “Uma cervejaria sem história, sem prêmios e sem futuro”. A história é que essa marca cigana é do bar Sem Fronteiras, que fica no centro de Ribeirão Preto. O lugar é um bar que você pode beber boas cervejas despretensiosamente.

Pata Da Onça – Outra novidade na cidade, a micro cervejaria fica em um bairro mais afastado um turismo cervejeiro local. Tem um deck para quem é de varanda e ambiente interno para quem é de ar condicionado! Funciona de quarta a domingo e serve os rótulos da casa.

Pratinha – A pequena e inovadora cervejaria da cidade. Em 2019 chacoalhou o mercado cervejeiro com lançamento da Magic Booze, a famosa cerveja instantânea. Além de fazer barulho, também faz vários rótulos que foram premiados, como a Cullote de la Duchesse. Atualmente faz parte da Zx Ventures e trabalha em desenvolvimento e inovação. Com sorte você ainda toma uma Birudô por aí.

Toca Do Urso (Colorado) O bar da fábrica fica perto da Rodovia Anhanguera. Em uma moderna e bonita estrutura a antiga sala de brassagem se transformou em uma chopeira que você mesmo se serve, o quanto quiser (via cartão pré pago) e pode provar uma série de diferentes cervejas, rótulos exclusivos e chopes convidados. O cardápio de comida é caprichado. Sempre tem música e o local é pet friendly.

Vila Dionísio (Cigana) O pub mais rock and roll da cidade tem além de marcas diversas, desde as tradicionais cervejas Pilsen, até importadas, e agora tem também as cervejas da casa, a marca cigana com opções diferentes de estilos e uma cerveja artesanal fresca! Dá para pedir delivery a partir de quarta-feira, mas vale mesmo é ir beber para comer junto a coxinha ainda quentinha enquanto ouve um som.

Toca do Urso, vista do salão interno. Foto: Divulgação
Toca do Urso, vista do salão interno. Foto: Divulgação

A cidade como visto tem muitas opções para se beber cerveja, com ou sem música ao vivo, só as clássicas ou estilos já mais contemporâneos, com ou sem cardápio caprichado. Ainda vejo que há espaço para inovações, locais mais modernos, atendimento mais especializado, cardápios e cervejas mais bem executadas.

Para encontrar amigos, para paquerar, curtir com a família e se entreter. A cerveja artesanal é parte dos rituais que fazemos e compartilhamos com as pessoas que gostamos. Um brinde à nossa saúde e aos encontros que sempre viram histórias saborosas.

Outros textos sobre Ribeirão Preto + cerveja:

Lembrando:

Se beber não dirija.

Beba com moderação.

Só beba depois dos 18 anos.

Não seja babaca depois de beber.

Você também pode gostar

Cervejas sem glúten na rede Mestre-Cervejeiro.com

A cerveja sempre uniu as pessoas em momentos