Trilha Fermentaria é o novo destino para gastrônomos na Barra Funda

Trilha Fermentaria é o novo destino para gastrônomos na Barra Funda

- em Beber, Comer, Matérias, Reviews
Cardápios compartilháveis na Trilha Fermentaria. Foto: Pedro Ferrarezzi.

As criações artesanais inventivas e gastronômicas da TRILHA Cervejaria ganham mais um endereço para receber o público: a TRILHA Fermentaria. Um galpão na Barra Funda, onde são armazenados os barris de madeira nos quais a cervejaria envelhece alguns de seus rótulos mais especiais, foi transformado em um espaço múltiplo que instiga a experimentação gastronômica em torno da cerveja, da cozinha e de variados conceitos de fermentação.

Um bar com cardápio de entradas, pizzas e sobremesas ocupa a calçada e frente do imóvel, enquanto o fundo abre oportunidade para grupos, eventos temáticos, aulas e workshops. 18 torneiras de chope esperam pelo público. Um diferencial será a carta com opções exclusivas de cervejas envelhecidas no local. Há ainda uma loja com todas as criações disponíveis da TRILHA para levar para casa.

A TRILHA Fermentaria abrirá para happy hour a partir das 17h, de quarta a sexta, e aos finais de semana e feriados a partir de 12h. O ambiente despojado com estética industrial conta um pouco da história dos barris nos móveis e na decoração. Para acompanhar os sucessos da marca, como a Juicy IPA Melonrise, o sócio, chef e mestre-cervejeiro Beto Tempel elaborou a quatro mãos, junto com a chef Gabriela Guerriero, um cardápio de pizzas de longa fermentação, com toque contemporâneo.

A massa  das pizzas da casa foi desenvolvida usando malte e leveduras de cervejas utilizadas na fabricação das cervejas. Há também entradas para compartilhar, muitas delas vegetarianas, com ingredientes feitos na casa ou selecionados de produtores artesanais, além de sobremesas.

“O cardápio foca nos produtos e tem como linha mestra explorar diferentes processos de fermentação. Criamos uma massa própria de longa fermentação, fazemos nossos vinagres, picles, refrescos, vamos servir sidra. Nesta nova casa, a gente fermenta muito mais que cerveja”, revela Beto.

Com este norte, o menu oferece opções de entradas e de pizzas, que foram pensadas para serem pedidas juntas, conforme o gosto do cliente, sem ordens pré-estabelecidas. A proposta é dispor as pedidas no centro da mesa para compartilhar.

Entre as entradas, a Marinheiro Só entrega pescada amarela curada na casa com açúcar mascavo, café e limão, acompanhada de picles de erva-doce, maçã verde e iogurte. As Burekas – pasteizinhos de massa filo, de origem judaica – chegam em dupla, acompanhadas de mel de harissa e pesto de coentro, em dois recheios diferentes: ricota, queijo feta e espinafre, e queijo com cordeiro desfiado e previamente cozido na cerveja com especiarias. Há também os cogumelos com redução de Lilith (Dark Sour com amoras e groselha), servidos com pipoquinhas de cevada.

Beto Tempel e Daniel Bekeierman Foto: Pedro Ferrarezzi.

No hall das pizzas, a vegana Berinjela com Missô, por exemplo, reúne base de tomate, berinjela com missô de grão de bico fermentado, pasta de pimentão com amêndoas. Na Euforia – cujo nome faz homenagem a uma série de cervejas da TRILHA – aparecem queijo de cabra cremoso, purê de beterraba, radicchio e amêndoas sobre base de iogurte. Já a Calabresa e Picles de Erva-Doce conta com calabresa artesanal bovina e picles de erva-doce em base de tomate.

Para finalizar, é possível escolher entre opções de sobremesas como a Sobremesa da Gabi – creme de queijo, compota de figo feita com a Russian Imperial Stout Gorilla e crumble, finalizada com figo fresco, manjericão e dill – e o Apfelstrudel. O doce de origem alemã feito com maçã e especiarias é uma homenagem a um dos rótulos mais queridos da cervejaria, a Strong Ale Apfelstrudel.

Para Daniel Bekeierman, sócio e fundador da TRILHA, este intercâmbio entre cerveja e gastronomia, que sempre esteve no DNA da cervejaria, tende a ser cada vez mais simbiótico com a TRILHA Fermentaria. Ele ressalta que a decisão por uma cozinha livre de amarras com escolas gastronômicas foi inspirada nas próprias referências da TRILHA, que enquanto cervejaria também nunca se ateve às cartilhas de escolas clássicas.

“Criamos um espaço para trazer novas possibilidades de experiências gastronômicas em torno das cervejas da TRILHA”, explica. “Na Fermentaria, pratos podem ser inspirados pelas cervejas e vice-versa”, pontua Daniel Bekeierman.

Em relação às criações envelhecidas em barris, que são um desdobramento de pesquisa intensa da cervejaria desde o seu surgimento em 2016, Daniel enxerga uma possibilidade de apresentá-las a cada vez mais pessoas. “Além do Taproom em Perdizes, que disponibiliza chopes superfrescos, agora vamos oferecer um acesso privilegiado às cervejas de guarda. Queremos aproximar o público deste universo incrível ainda pouco conhecido por aqui”, finaliza.

Sobre a TRILHA

Desde 2016, os sócios Daniel Bekeierman e Beto Tempel imprimem sua paixão pela cerveja artesanal criando rótulos de excelência com insumos de qualidade, combinados a ingredientes nacionais. O portfólio da marca já soma mais de 300 criações. A cervejaria conta também com um taproom em Perdizes, na Zona Oeste paulistana, com 12 torneiras de chope, além de diversos canais para chegar à casa do cliente: o delivery expresso para São Paulo e Grande São Paulo, os clubes de assinatura Barrel Club, Ultrafresco e Descoberta, e a entrega de cervejas para o Brasil inteiro, por meio de uma loja on-line. As cervejas – nunca pasteurizadas – são enviadas frescas da TRILHA para o consumidor.

A vocação gastronômica da TRILHA faz parte do DNA da marca. Além de estar na geladeira de restaurantes paulistanos, como Komah, Shihoma, Casa Rios, Aê! Cozinha, Cora, Cais, Le Jazz, Conceição Discos & Comes, e bares especializados em cerveja artesanal, como EAP, a TRILHA desenvolve receitas exclusivas para as casas. É o caso da Juicy IPA Mixiriqueira, desenvolvida em parceria com os chefs Janaína Rueda e Jefferson Rueda para A Casa do Porco, da Witbier Bella, criada para o Così, do chef Renato Carioni, da Juicy IPA Trilha Buzina, pensada para acompanhar os hamburgueres do Buzina, da Witbier Xicajá, da Casa de Francisca, e da Lobozó, Witbier com uvaia desenvolvida em colaboração com o Lobozó.

SERVIÇO:

TRILHA Fermentaria

Rua Cônego Vicente Miguel Marino, 390, Barra Funda

Funcionamento:

Quarta e Quinta 17h às 0h

Sexta 17h às 01h

Sábado 12h às 01h

Domingo 12h às 22h

Capacidade: 50 lugares

Pet-friendly

TRILHA Taproom

 Rua Apinajés, 137

Atendimento delivery entrega Grande SP: https://api.whatsapp.com/send?1=pt_br&phone=5511988155510

Loja On-line (entrega nacional): https://loja.trilhacervejaria.com.br/

Clubes de assinatura: https://loja.trilhacervejaria.com.br/assinaturas

Você também pode gostar

Cerveja artesanal um olhar em 2024

O mercado da cerveja artesanal como conhecemos atualmente