A partir de 9/11, acontece a segunda edição do SP Food Film Fest, que une cinema, gastronomia e alimentação. Confira a programação completa com mais de 30 filmes, que serão exibidos de forma híbrida.

 

Entre os dias 09 e 19 de novembro, o público da capital paulista poderá se deliciar com mais de 30 filmes, de 14 diferentes países, entre clássicos da ficção e documentários contemporâneos ligados à comida, à cultura e aos sistemas agroalimentares. Esta é a segunda edição do SP Food Film Fest, que realizará as exibições de forma híbrida e gratuita na Cinemateca Brasileira.

Ao longo da jornada, os espectadores  também terão a oportunidade de participar de aulas show de culinária com chefs de cozinha, até debates e degustações de pratos inesquecíveis do cinema, após algumas das exibições presenciais.

Já o público de casa poderá assistir a uma seleção de filmes através da plataforma oficial  https://www.spcineplay.com.br. Os 16 títulos da programação online entram na quinta, 9/11, às 19h00, e ficam até domingo 19/11, às 23h59. Basta se cadastrar e aproveitar.

Exposição e oficinas no SP Food Film Fest

Além disso, a curadoria desta edição trará uma exposição fotográfica repleta de retratos instigantes e surrealistas de chefs de cozinha, assinada pelo fotógrafo Paulo Vitale. Dentre os Chefs retratados estão Eudes Assis, Helena Rizzo, Iêda de Matos, Telma Shiraishi, Claude Troisgros, entre muitos outros.

Completam a programação do evento algumas oficinas para o público adolescente de duas escolas municipais de São Paulo, que será convidado a colocar a mão na massa a partir da introdução aos elementos básicos da linguagem audiovisual, incluindo o uso prático de câmeras digitais.

No foyer da Cinemateca haverá uma pequena loja para venda de aventais, camisetas, cadernos e livros que trazem a temática do alimento das editoras Elefante, Panda e Produtora Brasileira.

“Além da comida, dos filmes cativantes e outras experiências, o SP Food Film Festival promove um senso de comunidade e conexão. Reúne pessoas de diversas origens que compartilham um amor comum pela comida e pela narração de histórias. A atmosfera comunitária do festival incentiva o diálogo, a partilha e a construção de ligações duradouras através do carinho pela cultura alimentar”, conta André Henrique Graziano.

“Nosso propósito é trazer, através do cinema, temas urgentes para discussão sem deixar de promover a experiência sensorial que a gastronomia traz”, completa Daniela Guariba, ambos idealizadores do evento.

Yin shi nan nu (1994 Taiwan/US) aka Eat Drink Man Woman
Directed by Ang Lee
Shown: Dinner scene

Menu da programação

O evento traz, em sua noite de abertura, o filme chinês “Comer Beber Viver” que, em 2024, completa 30 anos. O clássico conta a história do viúvo e melancólico Tao Chu, mestre cozinheiro que está à beira da aposentadoria. Tao mora em uma grande casa com suas três filhas solteiras. Embora vivam juntos, a família está distante e a única coisa que os une é um elaborado jantar aos domingos. As tensões aumentam à medida que as filhas buscam equilibrar a realização pessoal e as questões decorrentes do envelhecimento do pai.

Também com 30 anos, “Morango e Chocolate”, dirigido por Juan Carlos Tabio e Tomás Gutiérrez Alea, virá acompanhado de uma degustação de sorvete de morango com chocolate. “Mulheres à beira de um ataque de nervos”, de Pedro Almodóvar, que completa 35 anos, também está na programação e o público poderá experimentar após a sessão um delicioso gazpacho como o feito por Peppa na cena inesquecível onde a personagem descreve toda a receita. Além disso, o Festival contará com algumas sessões ao ar livre com os títulos “Simplesmente Martha” e “Chef”.

Para o público infantil, uma cena clássica está na animação “A Dama e o Vagabundo”, onde os focinhos do casal de cachorros, ao comer um espaguete, acabam se encontrando. Crianças e adultos poderão degustar um delicioso spaghetti com almôndegas após a sessão, assim como chocolates com frutas, após a “A Fantástica Fábrica de Chocolate”  e deliciosas tostadas da Tiana, após “A Princesa e o Sapo”.

Estreias e documentários

Dentre as estreias na telona podemos citar “Blind Ambition”, documentário onde quatro refugiados do Zimbabwe superam as expectativas e se tornam os melhores sommeliers de vinho da África do Sul (com direito a degustação de vinhos após a sessão); “Solo Comum”, documentário que discute os sistemas alimentares contemporâneos e modelos alternativos de agricultura regenerativa; “Em Busca da Estrela” com degustação de pizza; “Lambic” com degustação de cervejas, “Viciados em Pimenta” com degustação de deliciosas samosas com pimenta e “Volte Sempre”, que conta a história de Masamoto Ueda que, por mais de quarenta anos, tem servido seu lendário ramen ao estilo de Tóquio para uma comunidade de frequentadores regulares que não são apenas seus clientes, mas verdadeiros amigos. Também com direito a degustação!

Ciclo de debates e os “Aulões”

Chef Aline Guedes, uma das professoras que ministrarão os aulões de gastronomia | Foto: arquivo pessoal

O Festival propõe cinco encontros com diferentes Chefs de Cozinha e especialistas, que, após a exibição de alguns episódios do documentário “História da Alimentação no Brasil” – uma série dirigida por Eugenio Puppo e baseada no livro homônimo de Luís da Câmara Cascudo de 1967 – irão proporcionar reflexões sobre o episódio e sobre alguns ingredientes relacionados às diferentes regiões do Brasil (mandioca, milho crioulo, pimentas, feijões…), além de apresentar uma receita relacionada ao ingrediente principal e uma degustação – para o deleite dos espectadores!

As convidadas para ministrar as aulas são: Aline Guedes, Patty Durães, a líder indígena Jerá Guarani, Angelita Gonzaga e Graziela Tavares.

Neste ano, a curadoria ainda traz um importante ciclo de debates abordando quatro temas contemporâneos relevantes ligados ao alimento: Cozinhas Solidárias; Consumo de Ultraprocessados; Uso de Agrotóxicos e Educação Alimentar e Nutricional. Todas as discussões partem de uma cuidadosa seleção de filmes e documentários que têm diferentes perspectivas sobre os temas e que visam pôr em pauta assuntos urgentes para discussão. Após a exibição de títulos como, por exemplo, “Big Food”, “Um Mundo Obeso”, “Antes do Prato”, “Solo Comum”, “Fonte da Juventude” e “Food, Funk e Favela”, os encontros com convidados especialistas serão transmitidos on-line e ao vivo no canal do Youtube do Festival, permitindo a interação com os espectadores, com exceção do debate sobre as Cozinhas Solidárias que será presencial, na própria Cinemateca.

Confira a programação completa AQUI. 

SERVIÇO

Quando:  de 09 a 19 de novembro de 2023

onde: Cinemateca Brasileira – Largo Sen. Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino

Entrada gratuita

Patrocínio : Ticket Serviço

apoio: FAM,  Selmi

produção: Doc & Outras Coisas e Química Cultural

realização: Ministério da Cultura

SITE OFICIAL

Você também pode gostar

Para curtir o Dia do Livro: 5 obras sobre o universo do chá

No dia 23 de Abril é comemorado o