A cerveja perde mais um ente querido, Vivre Pour Vivre

A cerveja perde mais um ente querido, Vivre Pour Vivre

- em Artigos
Marco Falcone (Crédito: Márcio Russo)

Quando estudamos a história da cerveja aprendemos que ela é milenar. Que a sociedade é toda intrínseca a sua existência, mesmo que em diferentes consumos, receitas e técnicas. Em um texto, mesmo em um só livro não é possível mensurar a quantidade de pessoas, de diferentes partes do mundo, que foram necessárias para tomarmos a cerveja que está em nossos copos hoje.

Mas não é no passado e não é no futuro que os tijolos dessa história são colocados, neste momento, enquanto a cerveja ainda está gelada, suando o copo. É sempre no agora que evoluímos essa corrente sem fim que a cultura da cerveja costura no mundo.

E por mais que tenhamos uma lista gigante sobre pessoas que ajudaram a costurar esse tecido todo, são nossos colegas atuais quem podemos ver de perto, beber suas cervejas e ouvir suas histórias. Quando esse núcleo perde alguém querido, é uma parte da sua história que concretiza o que vivemos.

Essa introdução é para registrar que Marco Falcone foi um tijolo desses que marcam os textos e registros que virão, quando falarem sobre as figuras que ajudaram a moldar os tempos atuais. E sua morte, tão cedo, nos faz lamentar tantas questões.

O pioneirismo de alguns, abre caminho para muitos. Mesmo que nunca se cruzem, nunca se brindem. Vivre Pour Vivre, Viva para viver, em memória, em sabores, em histórias.

 

Marco Falcone, começou no mercado cervejeiro em 2004, com a Falke Bier, em Minas Gerais.

Atualmente era presidente da Federação Brasileira de Cerveja Artesanal (Febracerva), vice-presidente do Sindicato das Indústrias de Bebidas de Minas Gerais (SindBebidas-MG) e presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cerveja, do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa).

Nessa reportagem aqui tem bastante sobre a história dele.

Participou de muitas Enquetes do Bob, como essa aqui em 2014. E ainda do Bob, um texto sobre a Vivre, aqui.

Tem um vasto material do Marco com entrevistas na internet.

Obituário no Guia da Cerveja, aqui.

 

Você também pode gostar

Lançamento de Chicha brasileira, bebida ancestral sul-americana

Após três anos de pesquisa e desenvolvimento, uma