Lenda da Cervejaria Colorado, Laércio Shiya morre aos 59 anos

Lenda da Cervejaria Colorado, Laércio Shiya morre aos 59 anos

- em Produzir
300

Domingo triste para o meio cervejeiro. A notícia de que Laércio Shiya havia nos deixado repentinamente surgiu como uma bomba nas redes sociais. O cervejeiro, querido por sua simpatia e dedicação ímpares, foi o primeiro funcionário da Cervejaria Colorado, em Ribeirão Preto, e era um dos símbolos da empresa. Não à toa, um dos tanques da fábrica tinha um adesivo enorme com seu rosto estampado e peças publicitárias já foram feitas com Laércio como estrela.

O colaborador começou como ajudante geral na fazenda de Marcelo Carneiro, fundador da Colorado, e passou a trabalhar na cervejaria em 1996.

Laércio Shiya e Bia Amorim, trabalharam juntos na Colorado | Foto: arquivo pessoal

O falecimento aconteceu após Laércio passar mal em um jogo de futebol na manhã deste domingo, dia 2 de fevereiro, atividade que fazia toda semana. Segundo amigos, através das redes sociais, o cervejeiro caiu em campo com uma forte dor no peito e foi levado consciente para o hospital, onde passou por uma cirurgia e não resistiu. Alguns relatos sugerem que houve negligência e que a ambulância demorou para chegar.

O corpo foi levado para a cidade de Cajobi e o sepultamento será à tarde. O corpo de Laércio será enterrado com o uniforme da Colorado.

Fábrica tem tanque com seu rosto estampado. Homenagens em vida sempre aconteceram

Cerveja da Colorado produzida em sua homenagem 

Você também pode gostar

Com curadoria do Instituto da Cerveja Brasil, 17º Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia Cervejeira apresenta tendências para 2022

Durante os dias 30 de maio a 1º